sexta-feira, 13 de abril de 2007

Desmaio

Eu, que trabalhei com adolescentes por um tempão, fiquei pasmo quando li na Capricho desta semana sobre o desmaio, uma modinha que já está bem difundida. A revista alerta sobre o perigo que é provocar um desmaio desses, conta casos de gente que quase morreu mas, naturalmente, não descreve como se faz.

Já que os leitores deste blog são poucos e adultos, vou publicar alguns vídeos com desmaios do Youtube.



O que não fica claro nos vídeos, mas a matéria conta, é que não é um desmaio só e ponto. A molecada se reúne e passa a noite toda fazendo isso. É um programa caseiro sem pipoca nem filme de terror nem jogo do copo, mas que parece pôr uma certa emoção na vida sem balada.



Devo estar ficando velho, mas me parece de uma bizarrice sem tamanho. É evidente que provocar um desmaio por asfixia é perigoso. E que uma hora vai dar merda. Não dá muito pra levar totalmente a sério, mas na internet os moleques falam que teve gente na França que quase morreu.



A brincadeira está no Youtube e no Orkut, mas eu fico pensando como é que esse troço surgiu. E como que viralizou. Será que é um fenômeno global?



E a real é que essa modinha de desmaio me fez lembrar da época em que a gente descrevia essas besteiras como comer cocô. Mas, na boa, comer cocô me soa mais saudável que essa história de desmaio.

Um comentário:

Lidy disse...

nessas horas, agradeço por ter tido uma adolescência livre no interior. aos 17, já morava sozinha. então, não precisei ficar fazendo essas brincadeiras idiotas pra me divertir.

beijo, queri!