quarta-feira, 9 de abril de 2008

Pirataria e tráfico

Outro dia, eu estava assistindo a um desses filmes contra pirataria que abrem os DVDs de uns tempos pra cá. No caso, esse aqui:

Chamou atenção o argumento: o dinheiro que circula na pirataria é o mesmo do mundo do crime. A idéia faz todo o sentido: de fato, toda essa merda que está aí nas ruas tem ligação direta com esses camelôs. E não é só em DVD não. O jogo é o mesmo pra CD -- só que uma faixa anti-pirataria no começo de um CD é uma idéia tão repulsiva que nem a indústria fonográfica adotou ainda.

Mas vi um buraco nesse argumento. Um rombo, até. Vá lá: se artistas são os grandes consumidores de drogas, o dinheiro gasto em um CD ou DVD oficial acaba, no fim das contas, financiando o mesmo crime organizado.

Para a lógica dos distribuidores de DVD valer, o ideal, portanto, seria que todo mundo baixasse tudo de graça na internet. ;)

Nenhum comentário: