quarta-feira, 16 de maio de 2007

Perenes e impermanentes

Desde o começo, a idéia era que este blog seria para fatos passageiros, do cotidiano, que depois de amanhã não fariam mais sentido. Comecei nesta semana a organizar as coisas perenes. Vão ficar, por hora, num enjambrado Google Pages.

Não tem quase nada lá ainda. Só duas peças de ficção ruins (uma, duas) e um curso de jornalismo em construção.

Como deu pau no computador de casa, a coisa pode demorar um pouco pra ganhar mais corpo que isso.

A Jeanne foi pelo mesmo caminho: a partir de hoje, deixa seu Metâmeros para a literatura. E parte para escrever o cotidiano no Meus Biscoitos.

Um comentário:

Ricardo Pilla disse...

i hate bill gates